Portal Futebol Clube

Notícias - Nacional

PALESTRA | 22/06/2017 às 14:47:00

Revelado na Lusa, ex-goleiro volta ao Canindé em palestra sobre assédio sexual

A nova campanha #chegadeabuso lançada pelo Sindicato de Atletas Profissionais de São Paulo teve seu pontapé inicial na tarde de ontem (21 de junho), no auditório do Canindé, com a realização de uma palestra destinada às equipes sub-15, sub-17 e sub-20 da Portuguesa de Desportos.

O evento foi o primeiro de uma série de visitas que a entidade realizará aos elencos de base de clubes da capital e interior. Os temas abordados foram: abuso psicológico, ilusões, alimentação, falta de condições de trabalho, empresários, falsas promessas e assédio sexual.

Pioneiro no combate ao assédio sexual no esporte e autor do livro FUTEBOL: SONHO OU ILUSÃO, o ex-goleiro Alexandre Montrimas é o embaixador e palestrante da ação.

Revelado nas categorias de base da Lusa, onde passou os nove primeiros anos de carreira (infantil ao profissional), ele escolheu justamente seu ninho de formação no futebol para iniciar a jornada, que promete peregrinar todo o estado de São Paulo.

 “Passei nove anos da minha vida aqui no Canindé. Cheguei aos quatorze e sai já como profissional. Quatorze anos depois volto para realizar um segundo sonho, que é o de levar para essa garotada as experiências que vivi dentro e fora do futebol, além de alertá-los sobre as armadilhas e perigos que encontrarão daqui para frente”, declarou o ex-goleiro após a palestra, que durou cerca de uma hora.

Durante a apresentação, Montrimas chamou a atenção dos jovens jogadores para que acompanhem o trabalho do Sindicato de Atletas de São Paulo. “O sindicato está investindo para que vocês tenham acesso às conquistas que os atletas profissionais usufruem. Vocês fazem parte da próxima geração do futebol, por isso estamos trazendo conhecimento, educação e orientação de carreira”, falou na abertura.  



ATLETAS APROVAM
O Portal Sapesp conversou com quatro atletas após o evento. Todos aprovaram a iniciativa. 

Iago - goleiro Sub-15
“É um tema que está acontecendo muito atualmente, tem muitas pessoas que estão aproveitando disso para tentar dar um futuro para alguém, mas todos os atletas percebem que isso não vai chegar em lugar nenhum você vai ganhar o seu momento, mas se não for pela sua conquista pela sua luta você não vai conseguir chegar. Esse é um problema que tem que ser resolvido. É um tema que eu nunca tinha prestado tanta atenção, mas hoje tive um grande alerta, foi uma grande iniciativa. Parabéns por alertar a todos os atletas para termos um futuro melhor. Vou conversar com minha família sobre isso”

Vitor Hugo (Guarujá) – volante Sub-17
“Foi uma palestra muito boa, que vem trazer uma ideia sobre o futebol e sobre a vida. Estamos crescendo como jogadores, profissionais e como seres humanos e devemos ter uma boa índole, uma boa intenção de vida. A palestra é legal e vai agregar bastante no nosso trabalho e na nossa vida. Eu nunca presenciei ou ouvi falar de algum caso, cheguei a ver algumas matérias somente. A mensagem que ficou guardada comigo é que devemos falar tudo o que passamos, porque o meio do futebol é meio sujo, onde existem varias coisas que são erradas e temos que abrir a boca e lutar contra isso, pelo nosso espaço e pelo nosso caráter”.

Leonardo – meia-atacante Sub-17
“Foi uma palestra muito importante para todo mundo, até para alertar o pessoal sobre esse tema. Eu particularmente nunca ouvi falar, mas vou avisar os amigos porque não podemos ficar calados, porque é muito errado. Não podemos guardar algo tão ruim para a vida só por um momento da carreira, por uma oportunidade”.

Murilo – goleiro Sub-20
“Foi uma palestra interessante, muitas coisas não conhecíamos e aprendemos o que o Alexandre falou. São coisas que acontecem em vários clubes não é só lá fora, mas no Brasil também. É bom estarmos sempre alertas com os empresários, bem atentos com o que acontece. Estou aqui na portuguesa há onze anos e nunca tinha escutado nada. Meu pai sempre me alertou também sobre os empresários, treinadores”.

DIRETOR ELOGIA INCIATIVA E SONHA COM ESCOLA NO CANINDÉ
A coragem e o engajamento social demonstrado pela diretoria da Lusa servem de exemplo aos demais clubes. Na opinião do diretor geral da base, Eduardo Gonçalves, ninguém gosta de falar sobre o assunto, tampouco ouvir. Ele aproveitou para elogiar a iniciativa do Sindicato de Atletas SP e abriu as portas da Portuguesa para qualquer tipo de ação em prol dos jogadores.

“Primeiro agradeço a presença do sindicato, a iniciativa e a coragem. É um assunto que ninguém quer abordar hoje, ninguém quer falar e ninguém quer ouvir também, mas sempre digo, nós das categorias inferiores, temos o meu papel de educador, não estamos formando jogadores, estamos formando pessoas. Esse assunto é importantíssimo para que o jogador saiba os direitos que ele tem e saiba aquilo que é dever dele, mas que ele saiba quando a pessoa quer intervir no direito dele como ser humano, como cidadão, eu acho importantíssimo agradeço e deixo as portas abertas para uma próxima palestra para um próximo assunto e tudo aquilo que for benéfico para os atletas. Nós aqui da Portuguesa estaremos sempre abertos”, afirmou Gonçalves.
 

Ao final do evento, todos os participantes receberam exemplares da Revista do Atleta. Trinta deles foram contemplados com o livro “FUTEBOL: SONHO OU ILUSÃO”.

PRÓXIMAS VISITAS
Dia 24 (sábado), às 15 horas – Pequeninos do Jockey, em São Paulo.
Dia 26 (segunda), às 15 horas – Camisa 1, em Americana.
Dia 27 (terça), às 14 horas – Rio Branco de Americana, em Americana.

Cada palestra terá a distribuição de 30 livros “Futebol: Sonho ou Ilusão” e cartilhas.

Desde 2013, o Sindicato de Atletas SP mantém um canal exclusivo de denúncias







« voltar


NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver todas

publicidade

Comissão de juristas apresenta texto para a atualização da Lei Geral do Desporto

Receba nossos boletins online

2016 - Todos os Direitos Reservados