Portal Futebol Clube

Flamengo-SP

Corvo em ação! | 17/12/2015 às 11:53:00

Flamengo pronto para a Copinha

O Flamengo, de Guarulhos, segue a preparação para a disputa da edição 47 da Copa São Paulo de Juniores. Responsável por levar o Corvo à inédita e histórica semifinal do Campeonato Paulista sub-20, o técnico Marcelo Marelli realizou dois jogos-treino nesta semana, um com cada grupo. A formação principal, na manhã de quarta-feira, empatou com o Grêmio Osasco Audax por 2 a 2. Por sua vez, a segunda equipe goleou o Ilha Solteira, na última terça, por 5 a 3. Ambas as atividades tiveram como palco o estádio Alfredo Schurig, situado no Parque São Jorge. 
 
Questionado sobre o primeiro jogo-treino da semana, Marelli exaltou a apresentação do segundo grupo, destacando também a dificuldade imposta pelo adversário interiorano. O placar elástico em território paulistano foi construído com gols de Axel, Enrico, Potiguar e Lucas Stort (duas vezes).
 
``Foi um jogo-treino positivo. Me surpreendi com o potencial do adversário, que apresentou bom nível técnico e notável força física. O Ilha Solteira, assim, nos trouxe dificuldade no início. Tivemos que nos adaptar, segurando a bola. Diante das adversidades, conseguimos manter a posse, prezando por nossa proposta de trabalhar os passes, sendo forte na pressão. Também gostei de nossa execução nos lançamentos longos, pois a linha de defesa do adversário mostrou-se alta na maior parte do confronto´´, sublinhou.
 
Adiante, Marelli concebeu o primeiro jogo-treino como laboratório, ressaltando a filosofia de dar oportunidade a todos que treinam representando o manto rubro-negro.

``Gostei bastante da postura coletiva do Flamengo. Muitos jogadores ali, há muito tempo, não disputavam uma partida de 90 minutos. Assim, conseguimos constatar quem está pronto para a Copinha, ou seja, quem é capaz de manter o nível dos titulares projetados, podendo chamar a responsabilidade futuramente´´, diagnosticou, antes de ressaltar o planejamento para a lista final de convocados.
 
``Temos uma pré-lista de 30 nomes, onde cinco precisam ser cortados. Portanto, essa pré-temporada serve como base para a construção de elenco consistente, com muitas opções para cada posição e esquema tático. É esse fator que endossamos diariamente em nossa metodologia´´, discursou.
 
Por fim, Marelli analisou o jogo-treino de quarta-feira, contra o Osasco Audax, integrante da elite do Campeonato Paulista. A formação principal abriu 2 a 0, gols de Estevão, de cabeça, e Léo Rincon, cobrando falta. Porém, o rival empatou na segunda etapa.
 
``Enfrentamos grande equipe, de potencial, e fizemos bom primeiro tempo, onde construímos a vantagem. Porém, tomamos dois gols de bola parada, em lances, praticamente, idênticos. Isso é inadmissível. Vamos trabalhar para corrigir esses fundamentos, preparando equipe consistente e aguerrida para representar o Flamengo e a cidade de Guarulhos na Copinha´´, avisou.
 
Planejamento

Na próxima edição da Copinha, o Flamengo terá como base o elenco que fez história no Campeonato Paulista sub-20 – chegando à semifinal do torneio, caindo para o Corinthians, com o marcador agregado de 2 a 1. As significativas baixas ficam a cargo dos atletas nascidos em 1995, que não poderão mais disputar torneios da categoria: o goleiro Matheus Santillo, o zagueiro Diogo, os volantes Léo Garcia e Murilo e o atacante Fabrício Lima. 
 
Corvo na história
 
O Flamengo avançou ao mata-mata da Copa São Paulo de Juniores apenas uma vez na história: em 2014, sob o comando de Caco Espinoza, técnico rubro-negro na última Série A-3 (Terceira Divisão) do Campeonato Paulista. O Corvo, no estádio Antônio Soares de Oliveira, superou Imagine-TO (9 a 0), Juventus (4 a 3) e Vitória (2 a 1) na fase de grupos, terminando invicto na liderança. A formação guarulhense debutou na segunda fase eliminando o Palmeiras (4 a 3), em São Carlos, e, desgastada, caiu para o Atlético-MG, em São Paulo.
 
Na última edição, com Marcelo Marelli à beira do gramado, o Flamengo terminou na terceira posição do grupo Y, também sediado em Guarulhos. O Rubro-Negro estreou superando o Palmeira-RN (2 a 1), mas, na sequência, foi superado por São Caetano (3 a 2) e Atlético-PR (3 a 2). Nos dois revezes, o Corvo chegou a estar na frente do marcador.
 
O Flamengo já conhece os detalhes de sua trajetória na primeira fase da 47ª Copa São Paulo de Juniores. Representante da sede do grupo 26, o município de Guarulhos, o Corvo inicia a jornada no dia 3 de janeiro, domingo, às 14 horas, diante do Santo André. Na sequência da data inaugural, Fortaleza e Luverdense medem forças (16 horas). Todos os confrontos terão entrada franca e serão realizados no estádio Antônio Soares de Oliveira.
 
Na sequência, os comandados de Marcelo Marelli enfrentam o Luverdense, às 14 horas do dia 5 de janeiro, terça-feira. O segundo dia é completo com o embate entre Santo André e Fortaleza (16 horas).
 
Por fim, o Corvo finaliza as atividades da chave no dia 7 de janeiro, quinta-feira, às 16 horas, diante do Fortaleza. Luverdense e Santo André protagonizam a partida preliminar, às 14 horas.
 
Nesta edição do tradicional torneio sub-20, duas equipes por grupo vão ao mata-mata. Quem avançar na chave guarulhense terá pela frente um dos classificados da chave 25, sediada em São José dos Campos, que conta com São José dos Campos FC, Palmeiras, Sampaio Corrêa-MA e Estanciano-SE.

Confira os detalhes sobre os adversários do Corvo e demais detalhes sobre o torneio:
 
Os adversários
 
Santo André
 
Na última Copinha, o Santo André (4) figurou na terceira posição do grupo Z, sediado na Capital, à frente apenas do Tarumã-AM, que não somou nenhum ponto. A chave foi liderada pelo Figueirense (7), seguido pelo Juventus (5), representante da cidade. Todavia, no Campeonato Paulista sub-20, o Ramalhão só não avançou à segunda fase por causa de uma unidade. 
 
A representação andreense terminou sua participação na primeira fase no último Estadual da categoria na quinta colocação do grupo 4, com 40 pontos, apenas uma unidade atrás do São Caetano – curiosamente, clube eliminado pelo Flamengo nas quartas de final. O Ramalhão trilhou o retrospecto de 11 vitórias, sete empates e somente quatro derrotas – Santos, vice-campeão, e Grêmio Osasco Audax, que avançou ao mata-mata, somaram o mesmo número de revezes no estágio inaugural.

Luverdense
 
Estabilizado na Série B do Campeonato Brasileiro, o Luverdense não teve uma boa apresentação na Copinha de 2015. A formação de Lucas do Rio Verde foi a terceira colocada do grupo F, sediado em Bauru, com três pontos, atrás de Fluminense (9) e Noroeste (6) – à frente apenas do Comercial-PI, que terminou a participação em território paulista sem somar uma unidade sequer.
 
Entretanto, na Copa do Brasil sub-20, o clube do Mato Grosso realizou uma excelente campanha. Na primeira fase, eliminou o favorito Santos, com o marcador agregado de 4 a 3. Depois, passou pelo Internacional, com o mesmo placar somado. A desclassificação veio apenas para o vice-campeão Atlético-PR, nas quartas de final. Após arrancar um empate no Ecoestádio Janguito Malucelli, em Curitiba, por 2 a 2, o LEC foi superado por 3 a 0 em pleno Passo das Emas, dando adeus à grande trajetória. 
 
Por fim, um contratempo marcou a decisão do Campeonato Mato-grossense sub-19. Por falta de estádio disponível em Cuiabá, a Federação local não conseguiu agendar a decisão e dividiu o título entre Luverdense e Rondonópolis. O torneio começou no dia 30 de maio, com 14 clubes, e definiu os protagonistas da decisão – que carimbaram o passaporte para a Copinha – em agosto.
 
Fortaleza
 
Na última Copinha, o Fortaleza somou apenas um ponto. O Tricolor foi o terceiro colocado do grupo H, sediado em Leme, atrás do Botafogo de Ribeirão Preto (7) e do mandante Lemense (7, inferior à Pantera nos critérios de desempate). Completou a chave o lanterna Independente-PA, que também se despediu do estádio Bruno Lazarini com apenas uma unidade na bagagem.
 
Porém, na Copa do Nordeste sub-20, o Leão do Pici trilhou uma jornada satisfatória. Foi líder do grupo D, com 7 pontos, à frente de Náutico (6), Botafogo-PB (2) e ABC (1). A desclassificação veio para o Vitória, nas quartas de final. Em jogo único, realizado no estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca-AL, o Rubro-Negro baiano triunfou por 1 a 0.
 
No Cearense sub-20, o Fortaleza viu o título ficar com o rival Ceará. O Vozão superou o Tiradentes na final, por 3 a 2. O Tricolor foi derrotado pelo Alvinegro nas semifinais do primeiro e do segundo turno.

Detalhes do regulamento
 
Os 56 clubes que avançarem no estágio de grupos protagonizarão partidas eliminatórias até que se atinja o contingente de 14 equipes nas oitavas de final. Os sete vencedores terão a companhia de um clube previamente eliminado, mas que garante a repescagem por índice técnico para compor as quartas. 
 
O torneio, que dá condições de jogo para atletas nascidos entre os anos de 1996 e 2000, ocorre do dia 2 ao dia 25 de janeiro. E, de acordo com o artigo 34 do regulamento do torneio, a Departamento de Competições da Federação Paulista de Futebol (DCO) poderá, ao seu exclusivo critério, promover alterações nas datas, horários e locais das partidas válidas pelo mata-mata.
 




Fonte e foto: Marcos Vieira Ribeiro – Assessor de imprensa da AA Flamengo.







« voltar


NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver todas

publicidade

  • banner

Comissão de juristas apresenta texto para a atualização da Lei Geral do Desporto

Receba nossos boletins online

2016 - Todos os Direitos Reservados