Portal Futebol Clube

Atibaia

REFORÇO! | 07/10/2016 às 09:36:22

Ex-Mogi Mirim e Portuguesa, novo auxiliar-técnico comandará análise de desempenho no Atibaia

Aos 29 anos, Rodrigo Bellão chega por indicação do técnico Sandro Sargentim e trabalhará ao lado de Charles Rocha

Rodrigo Bellão será o responsável pela análise de desempenho do Atibaia (foto: Fabio Giannelli/Soccer Digital)

A diretoria do Sport Club Atibaia anunciou nesta semana a contratação do técnico Sandro Sargentim, 39, para comandar a equipe na Série A3 do Campeonato Paulista. A comissão técnica também é composta por Rodrigo Bellão e Charles Rocha (auxiliares) e Marcos Romano (preparador de goleiros).

Aos 29 anos, Rodrigo Dias Bellão é Graduado em Esporte pela USP e Pós-graduado em Metodologia de Treinamento. Iniciou a carreira como preparador físico e trabalhou por seis anos e meio nas categorias de base da Portuguesa, também como analista de desempenho.

Depois, como treinador, comandou a base do Novorizontino antes de aceitar o convite para ser auxiliar-técnico do Mogi Mirim durante a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Também já foi auxiliar na Série A1 do Campeonato Paulista.

Apresentado na última segunda-feira, Bellão conversou com o site oficial do Falcão e falou sobre a função que desempenhará no clube.

“Minha função de auxiliar será colaborar como assistente do Sandro nessa elaboração e montagem de elenco e tudo que teremos nessa temporada. Funções como treinamentos, metodologia, analisar os adversários, analisar o desempenho da nossa própria equipe também nessa campanha da A3. Então nesses quatro meses de preparação vamos ter muitas tarefas dentro e fora de campo”, explicou.

Apesar de jovem, Rodrigo possui bagagem reforçada.

“Iniciei como preparador físico. Depois virei treinador e auxiliar-técnico. Fiquei um bom tempo nessa função lá na base da Portuguesa, fiz analise de desempenho do profissional também em uma função dupla durante seis anos e meio. Fui treinador das categorias de base do Novorizontino para programar o trabalho de treinamento. Voltei para a Portuguesa como auxiliar-técnico do profissional a convite do treinador da época. Da Portuguesa fui para o Mogi Mirim, como auxiliar técnico do profissional na disputa da serie B”, listou.

Bellão também elogiou a estrutura do clube e classificou o projeto como grande e ambicioso.

“A estrutura é bem legal, comparando com muitos times que tem uma camisa, um nome. Aqui está crescendo, tem um projeto muito bom, o projeto é grande é ambicioso, muito interessante. Porque se não tiver um projeto inicial, não se consegue chegar a um patamar maior. O Atibaia está se estruturando aos poucos, contratando profissionais novos, investindo em material, em estrutura isso. É muito importante para conseguir atingir o sucesso”, finalizou. 







« voltar


NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver todas

publicidade

  • banner

Comissão de juristas apresenta texto para a atualização da Lei Geral do Desporto

Receba nossos boletins online

2016 - Todos os Direitos Reservados