Portal Futebol Clube

Notícias - Nacional

JOGOU O PAULISTÃO | 15/09/2015 às 18:21:22

Ex-Ituano comemora estreia com vitória como técnico na Série D

Zé Carlos foi auxiliar técnico de Sílvio Criciúma na Aparecidense-GO e assumiu o comando da equipe na última rodada

foto: divulgação

Quando o ex- meia/lateral  Zé Carlos Leal aceitou o convite do diretor João Rodrigues (Cocá) para ser auxiliar técnico da Aparecidense na Série D do Campeonato Brasileiro, ele não imaginava que seria o treinador da equipe na última rodada da competição, disputada no último domingo, na vitória por 2x0 diante do Operário, no estádio Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia.

Foi uma estreia inesperada, mas com vitória, como ele mesmo afirma.

"Fiquei contente pela oportunidade que a diretoria me deu e mais contente ainda com a entrega dos atletas em uma semana muito difícil. Mas mostrou muita seriedade em tudo que fez esse grupo de guerreiros. Fiquei com poucos atletas para trabalhar e você imagina, jogadores sem chances de classificação, alguns saindo, outros com contrato terminado . Conversei com eles pedi respeito ao trabalho e a mim principalmente, que tinha a responsabilidade de assumir o comando e já conhecia todos eles bem. Tive respaldo, fizemos uma ótima semana de trabalho e os jogadores assimilaram essa seriedade. Fiquei satisfeito com a entrega deles", falou Zé Carlos.

Ele ainda explicou como motivou o grupo, e afirmou ter mexido  muito pouco no esquema tático de seu antigo comandante.

"Não tínhamos mais chances (de classificação), mas fizemos um bom jogo. Falei para eles jogarem pra frente, atacarem com alegria, tentei dar mais motivação do que mexer na parte tática (houve mexida, mas muito pouco). Tivemos 9 chances de gol primeiro tempo, bola na trave, mas não conseguimos marcar. No segundo tempo, vi uma equipe jogando com alegria, jogando para terminar o campeonato bem, com vitória. Abrimos dois gols e ainda tivemos chances para fazer mais", afirmou.

Questionado sobre a possibilidade de seguir no comando, Zé Carlos afirmou estar lisonjeado pela oportunidade mas prega cautela.
 
"Fiquei feliz pela vitória na minha primeira partida como treinador interino do clube, afinal, começar com uma vitória não tem preço. Espero dar continuidade na função de auxiliar técnico. Sou funcionário do clube e quero continuar ajudando os treinadores que passarem pela Aparecidense", afirmou o ex-jogador, que encerrou a carreira após defender o Ituano no Paulistão 2015 e na Copa do Brasil. 
 
Com o resultado, a Aparecidense se despediu da competição na terceira colocação do grupo 5 com 13 pontos ganhos. 







« voltar


NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver todas

publicidade

  • banner

Comissão de juristas apresenta texto para a atualização da Lei Geral do Desporto

Receba nossos boletins online

2016 - Todos os Direitos Reservados