Portal Futebol Clube

Notícias - Internacional

SELEÇÃO | 21/06/2019 às 14:00:00

Diante das anfitriãs, Cristiane projeta duelo equilibrado com a França nas oitavas de final

Atacante esteve em campo no primeiro jogo entre Brasil e França, no Mundial dos Estados Unidos em 2003. Partida da fase de grupos terminou em 1 a 1

Créditos: FIFA/Getty Images

Cristiane não se lembra da última vez que enfrentou a equipe da França em uma Copa do Mundo. O duelo aconteceu nos Estados Unidos, em 2003. Ainda pela fase de grupo, as duas seleções empataram em 1 a 1. Com 18 anos, a atleta fazia a sua terceira partida em Mundial. 

No início do segundo tempo, Priscila deu lugar a Cristiane. O gol brasileiro foi feito de Kátia Cilene, no início da sua parte. Nos acréscimos, a número 9 da França, Marinette, descontou e acabou tudo igual. 

- Eu não me lembro bem. Foi na minha primeira Copa do Mundo? Não lembrava! - conta.

De lá pra cá, foram 21 jogos em Copas do Mundo. Neste domingo (23), a dona da camisa 11 do Brasil - que já era dela nessa época - terá uma nova chance diante das anfitriãs da competição.  Brasil e França sem enfrentam pelas oitavas de final, às 16h do Brasil (21h na França), no Stade Oceáne, em Le Havre.

- Acho que será um jogo muito equilibrado. Nós respeitamos a Seleção da França e acredito que elas nos respeitam também. Eu acho que em uma Copa do Mundo você tem que ir para o tudo ou nada. Claro que com uma estratégia, armando muito bem a equipe. Quem errar menos vai sair com a vitória - comenta Cristiane.

Passar para as quartas de final diante das donas da casa, sem dúvida, seria uma memória inesquecível para Cristiane. Memórias que só de estar na França já vem à tona. Como os tempos de Paris Saint-Germain. Sempre que perguntada sobre os dois anos atuando pelo clube, fala com muito orgulho do período no futebol francês.

- Eu acho que aqui é um futebol de muito contato, força física e isso me ajudou bastante. A característica que eu tenho é com bastante mobilidade, e acho que me ajudou muito na hora de jogar aqui - acrescenta.

Até o momento na competição, Cristiane é a artilheira da equipe brasileira com 4 gols. Confiança não falta para o jogo com as donas da casa. Se for definir o duelo, a atacante prefere resumir em uma frase: “Vamos pra cima!”. Algo mais Cristiane, impossível.

- Chegamos em uma fase que não dá mais para cometer erros, agora quem perder volta pra casa. Então acho que temos que impor o nosso melhor futebol, não tem que ter medo de nada, temos que enfrentar de igual pra igual. E vamos pra cima! - finaliza. 


Créditos: CBF







« voltar


NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver todas

publicidade

  • banner

Comissão de juristas apresenta texto para a atualização da Lei Geral do Desporto

Receba nossos boletins online

2016 - Todos os Direitos Reservados